quinta-feira, dezembro 10, 2015

Turner Prize

O maior prémio de Artes Plásticas na Grã-Bretanha, o prémio Turner, foi, este ano, atribuído ao Studio Assemble, colectivo de 18 membros, com um projecto de regeneração de um conjunto de vivendas sociais em Liverpool. 

Lembrei-me do projecto Rés-do-Chão, na rua Poço dos Negros, cujo objectivo é a revitalização e dinamização das cidades. O desenho em baixo é nessa rua e mostra uma série de espaços reabilitados.


1 comentário:

teresa ruivo disse...

Gosto imenso destes projectos de recuperação de zonas antigas. Em Janeiro vou a Nante, que também está a ter um trabalho incrível de recuperação de uma imensa zona industrial entretando desactivada. (http://www.iledenantes.com/fr/)
Vou levar caderno; pena não sairem desenhos como este:)