quinta-feira, maio 27, 2010

O velho surrealista

O velho surrealista sentou-se na esplanada do quiosque Refresco, no canto do Jardim Príncipe Real, a beber uma limonada e a rezingar contra o chamado “progresso civilizacional”.

3 comentários:

hfm disse...

Completo - imagem e texto. Um abraço.

Mário Linhares disse...

Hoje estive lá a desenhar precisamente nesta perspectiva!

Aventurei-me e arrisquei desenhar com o café do refresco. Ficou com um certo interesse...

abraço! Foi pena não poderes ter ido lá ter.

artebaiao disse...

gostei!!!