quinta-feira, junho 07, 2007

América do Sul 36

Cheguei a Buenos Aires a tempo do 1º de Maio. O centro das comemorações era na praça de Mayo onde as mães, cujos filhos tinham “desaparecido” durante a ditadura, se reuniam todas as 5ªs feiras. As manifestações por estas bandas não são para brincadeiras.


Praça de Mayo. Buenos Aires. Maio 2004

1 comentário:

josé louro disse...

Eduardo, observei com muita atenção os desenhos. Os diários gráficos são instrumentos poderosos. Deixam a léguas a fotografia.
Abraço.