terça-feira, dezembro 12, 2006

Madrid

Viajar acompanhado e ficar em casa de amigos é confortável e até agradável. No entanto a atenção ao que nos rodeia diminui consideravelmente e, claro, os desenhos escasseiam.

Madrid. Entre a Fnac e o Corte Inglês. Dezembro 2006

7 comentários:

4ojos disse...

Ja, ja. Os desenhos escasseiam, claro. Pero no todo en la vida es dibujar!

Y siempre queda la memoria

Anónimo disse...

Os nossos pedintes cá são menos requintados, não têm tantos membros para formar um mini orquestra ....o nosso problema cá, não é de termos pobres... é falta de bons gestores para organizar a orquestra...para nos tornar-mos... mais pobres ainda.

e.s. disse...

Estes "pobres" não são pobres são músicos. de música clássica e profissionais, penso. estão a trabalhar portanto.

Cin disse...

terrific! I know how hard this is to do!

Galeota disse...

A pobreza nas nossas sociedades não é criada devido aos gestores, só pontualmente e em sociedades muito marcadas pela corrupção como é a nossa. O problema da pobreza prende-se com o desenvolvimento de um processo de produção o capitalismo que apenas consegue ir integrando alguns pobres.Há que reflectir sobre este assunto e face à falência dos regimes comunistas ver o que é que todos nós podemos fazer para através da implementação de políticas públicas em sectores chave que devem de ser definidos; misericórdias e entidades privadas noutros sectores avançarmos nós Europa para a negociação sobre a globalização. Não é por mais nada, mas daqui a pouco estão a ir-nos ao bolso dos direitos humanos e depois a Europa já foi!

Anónimo disse...

O neo-liberalismo continua a avançar
a galope...até quando?
Galeota
Junho de 2007

Anónimo disse...

O texto está muito mal redigido.Peço desculpa, ao promotor do blogue, aos leitores e à minha família.

Galeota