domingo, janeiro 29, 2017

A discussão da TSU

Gosto da ideia do desenho em cadernos ser uma espécie de apontamento do que aconteceu, um parágrafo num bloco de notas, um registo do tempo que demorou aquele momento.

Foi isso que fiz na quarta-feira passada na Assembleia da República, na discussão da TSU, para a ilustração no jornal Público, no suplemento P2, para a rubrica, que sai aos domingos "Semana Ilustrada". O último desenho é a ilustração final.







4 comentários:

teresa ruivo disse...

Todos muito bons mas, para mim, ganha o primeiro, que consegue ser melhor até que a ilustração final. De facto, nada como o improviso e a esponteneidade, dos quais és particularmente mestre:)

hfm disse...

Subscrevo inteiramente o que disse a Teresa quanto ao improviso e esponteneidade.

Eduardo Salavisa disse...

Só que no primeiro já não cabiam os deputados que estavam ao lado e eu queria que aparecessem.

João Catarino disse...

Gosto mais do ultimo é mais espacial!
Hoje vou para lá eu, mas fico cá fora na escadaria, na ordem do dia está a eutanásia.
Isto é que é um corrupio de desenhos na Assembleia!