segunda-feira, outubro 12, 2015

Feira do Património

No âmbito da Feira do Património no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha em Coimbra fizemos um workshop que denominámos “O Diário de Viagem no nosso quotidiano”. Voltei aquela ideia da nossa vida ser uma viagem e, assim, usufruirmos de pequenas coisas como se fossem grandes acontecimentos, como, aliás, acontece nas viagens. E, ao registarmos no nosso caderno, ficam para sempre na nossa memória. 

Ontem, com um grupo muito diversificado, no interior do Mosteiro, concentrámo-nos em tentar, por meio do desenho, que aquele dia ficasse eterno. Pela minha parte, com estes dois desenhos, que foi os que tive tempo para fazer, ficou com certeza.



6 comentários:

Licínia Girão disse...

E eu estava lá a observar e a aprender... Obrigada!

Licínia Girão

teresa ruivo disse...

O primeiro desenho está com umas cores mesmo giras! Grande efeito luz/sombra!

Francisca Nunes disse...

Também estive lá a aprender e a treinar!!! Preciso de muito mesmo!!!! Os cadernos do Eduardo fazem parecer tudo simples. Mas não é não!! Gostei dos desafios propostos. Tentei desenhar coisas que nem me atrevia, como pessoas nos espaços!!! Obrigada Eduardo.
Coloquei os meus registos desse dia aqui http://heartmakes.blogspot.pt/2015/10/workshop-com-eduardo-salavisa.html


Eduardo Salavisa disse...

Obrigado a todas.

Emeel Roxo disse...

Às vezes é difícil dizer o que sentimos. Procuramos palavras, construímos frases,e todas soam a oco.
Fica apenas o registo de uma viagem pelo nosso quotidiano — espaço vivido, agora com mais cor...
Obrigada pela generosa partilha, tornou memorável e brilhante esta cinzenta tarde de Outono.
Maria Mateus

Eduardo Salavisa disse...

Ainda bem e obrigado Maria