terça-feira, Setembro 30, 2008

Jardim da Estrela

O Jardim da Estrela é, também, um autêntico espaço cultural. Aos Domingos (alguns) acontece a Feira de Artesanato contemporâneo e ultimamente tem havido música no coreto.

Mário Laginha impar ao piano e Maria João exuberante na voz. Setembro 2008

segunda-feira, Setembro 29, 2008

Lapin

Temos a honra de ter Lapin, ilustrador francês a viver em Barcelona, como colaborador do site. Vejam a 1ªpágina que vale a pena. E espreitem também o seu site e o blog, que, aliás, há muito tempo consta nos nossos links.

sexta-feira, Setembro 26, 2008

Projectos colectivos 1

O designer gráfico que se chama a ele próprio Someguy pôs a circular 1.000 diários com a indicação do remetente. Como uma “mensagem numa garrafa” foram encontrados pelas mais variadas pessoas que escreveram, desenharam ou colaram o que quiseram. Alguns dos diários regressaram. Chama-se “1.000 Journals Project”. Posteriormente foi realizado um documentário por Andrea Kreuzhage com o mesmo nome, que tem percorrido vários festivais de cinema. Está em preparação, pela mesma realizadora, outro filme destinado a professores: 1.001 Journals.


quinta-feira, Setembro 25, 2008

Projectos colectivos

Projecto lançado pela marca Beneton (Fabrica) sob o nome “Colors Notebook”: foram distribuídas por todo o mundo cadernos com folhas em branco para as pessoas os preencherem da maneira que quisessem sob os temas: 1.Caras, 2.Violência. O objectivo foi “darem a palavra àqueles que normalmente não a têm”. Foi realizado em colaboração com os “Repórteres sem fronteiras” e exposto no Centro Pompidou sob o nome “Les yeux ouverts” e editados os livros “Faces” e "Violence".

Jacob Schere. 1971. Japão. Artista e fotógrafo

Eduardo Bertone. 1977. Argentina. Designer gráfico

terça-feira, Setembro 23, 2008

Largo do Rato

O Largo do Rato já há muito que não é um largo. A Papelaria Fernandes deixou de ser “A Papelaria”. Algumas das árvores que aparecem no desenho, apesar de pertencerem a jardins de instituições públicas, não estão acessíveis ao público.

Largo do Rato. Setembro 2008

segunda-feira, Setembro 22, 2008

Cais do Sodré 1

É consensual que Lisboa tem poucos espaços verdes e tem poucas árvores nas suas ruas. Mas é um facto que quando desenho locais em Lisboa aparecem no boneco imenso verde.

Cais do Sodré com o Mercado da Ribeira ao fundo

quinta-feira, Setembro 18, 2008

Escritores-desenhadores

A exposição “Desenhos de escritores” (“L'un pour l'autre. Les écrivains dessinent”) vem a propósito da escrita e do desenho andarem desde sempre ligados. Nesta actividade de desenhar quotidianamente num caderno a escrita aparece naturalmente. E vice-versa. Exposição a não perder no CCB.

Marcel Proust (1871-1922)

Jacques Prévert (1900-1977)

quarta-feira, Setembro 17, 2008

Belém

Comprei um caderno ao baixo para fazer umas panorâmicas. E duma dimensão reduzida, 9x14,2 cm, para os registos poderem ser muito rápidos. Questão de segundos ou poucos minutos (a aguarela é aplicada em casa). Gostei e comprei um segundo. Acontece que nunca mais fiz pessoas que é o que gosto mais de fazer.

Belém. Entre o CCB e os Jerónimos. Setembro 2008

terça-feira, Setembro 16, 2008

Workshop

Henry Moore encheu um caderno com desenhos de ovelhas. Descobriu que se desse uma leve pancada no vidro da janela do atelier elas paravam o tempo necessário para as desenhar.

Com este belo desenho, que já é a segunda vez que edito neste blog, a minha designer preferida, Mariana Blanc, fez um belo cartaz a anunciar um workshop com o sugestivo nome: “Diário Gráfico. Instrumento criativo da escrita e do desenho”. Vejam aqui o cartaz e mais explicações. Espreitem também a sugestão do José Louro e de ma grande folle de soeur.

Henry Moore (1898-1986). Inglaterra. Escultor. Esferográfica s/ papel

segunda-feira, Setembro 15, 2008

Urbano

Em Dezembro de 2004 a exposição de Urbano chamada “O Tempo Suspenso”, na galeria 111, tinha pinturas e um caderno sobre Veneza. De uma grande beleza. Pensei na altura contactá-lo para conversarmos sobre esse hábito de desenhar em cadernos. Fiquei sem saber se ele o tinha porque nunca o contactei.


Urbano. 1959. Açores

sexta-feira, Setembro 12, 2008

Belas Artes

De quem vem do Cais do Sodré entra no Largo da Academia das Belas Artes com a escola à sua esquerda. Estive lá ontem e relembrei os tempos que andei por aqueles corredores.

Setembro 2008

quarta-feira, Setembro 10, 2008

Cais do Sodré

O Cais do Sodré podia, se não fosse estar tão mal tratado, ser das zonas de Lisboa mais engraçadas. Não posso deixar de indicar o lendário Jamaica (toldo vermelho no prédio do meio).

Lisboa. Cais do Sodré. Setembro 2008

terça-feira, Setembro 09, 2008

Arte efémera 1

Por vezes, artistas plásticos em férias dão azo à sua criatividade, ou seja, a criatividade não faz férias.

"Baleia". Autor anónimo. Praia da Fábrica. Algarve. 2008

segunda-feira, Setembro 08, 2008

Tavira 7


Vista da margem direita sobre a ponte romana, que não o é.


Convento de Nossa Senhora do Carmo onde, no Verão, costumam haver concertos no claustro. Há uns anos assisti a um do Sérgio Godinho.

sábado, Setembro 06, 2008

Tavira 6

As margens esquerdas costumam ser as partes mais interessantes das cidades. Tavira não foge à regra. Este largo, cujo nome não sei, fica desse lado.

Agosto 2008

sexta-feira, Setembro 05, 2008

Tavira 5

A biblioteca de Tavira (à esquerda do desenho), chamada Álvaro de Campos, foi construída no local da antiga prisão. Bonita metáfora. A igreja de S.Sebastião, muito bem restaurada, está à direita.

Agosto 2008

quinta-feira, Setembro 04, 2008

Tavira 4

Desenhei esta praça pelo seu nome árabe: Abu-Otmane. No meio a igreja de Santa Maria. Tavira é a cidade de Portugal com mais igrejas: 37. Atrás o depósito de água que há uns anos foi referendado qual o seu destino e optou-se por se transformar em câmara escura. À esquerda o castelo onde Manuel João Ramos (em Histórias Etíopes. Diário de Viagem, Assírio&Alvim) perdeu um Diário Gráfico.

Agosto 2008

quarta-feira, Setembro 03, 2008

Cacela Velha 1

Em primeiro plano aparece Cacela Velha e ao fundo outra aldeia (ou vila?), que não sei qual é (Altura? Monte Gordo?). Dos vários desenhos que fiz de Cacela, este é o registo que mais gosto. Um dia destes vai aparecer na 1ªpágina do site.

Agosto 2008

terça-feira, Setembro 02, 2008

Cindy Woods

Os desenhos de Cindy Woods são uma inspiração para mim. O seu blog foi um dos que me influenciou a começar o meu.

segunda-feira, Setembro 01, 2008

Cacela Velha

Retomando um tema anterior (ver etiqueta): A aldeia de Cacela Velha, vista da praia da Fábrica, desenhada obsessivamente durante vários dias consecutivos. Um esboço muito rápido, feito a caneta, pintado a aguarela posteriormente já em casa.


Agosto 2008