quinta-feira, Janeiro 31, 2008

Exercício escolar 1

A seguir com três planos e cada um com tratamento diferente.

Lisboa. Janeiro 2008

quarta-feira, Janeiro 30, 2008

Exercício escolar

Desenhar dois elementos com escalas diferentes de modo a simular profundidade.

Lisboa. Janeiro 2008

terça-feira, Janeiro 29, 2008

Domingo no parque 1

Devo ser das poucas pessoas que gostam desta escultura do João Cutileiro. Gosto dela primeiro pelo que ela simboliza, depois pelo contraste com as colunas, de estética levemente fascizante, que a ladeiam. Além de outras.

Parque Eduardo VII. Lisboa. Janeiro 2008

segunda-feira, Janeiro 28, 2008

Domingo no parque

No segundo desenho resolvi também desenhar as pessoas que estavam em primeiro plano.


Parque Eduardo VII. Lisboa. Janeiro 2008

sábado, Janeiro 26, 2008

Personagens 13

Nos dias em que estive na vila do Tarrafal jantei algumas vezes num restaurante cujo proprietário era francês. As refeições acabavam sempre em conversas nostálgicas mas muito interessantes. E eram sempre acompanhadas com o vinho branco da ilha do Fogo.


Tarrafal. Março 2006

quinta-feira, Janeiro 24, 2008

Personagens 12

Enquanto esperamos no cais de embarque, em Cabo-Verde, podemos assistir a um desfile de personagens. Os que vão partir e os que se despedem. A espera transforma-se numa festa.

Março 2006

terça-feira, Janeiro 22, 2008

Personagens 11

Em Cabo-Verde nas travessias de barco entre as ilhas, na maior parte dos casos, são dada primazia às mercadorias. Dizem-nos para estarmos no cais às 21 horas, por exemplo, e o barco parte à uma da manhã. Temos que esperar que a mercadoria fique toda arrumada. Estas três senhoras para passar o tempo iam vendo a telenovela por uma das escotilhas do barco.

Cais da cidade da Praia. Fevereiro 2006

segunda-feira, Janeiro 21, 2008

Praças 11


Praça do Giraldo. Évora. Com torso em Pedra de Cutileiro
Maio 2005

domingo, Janeiro 20, 2008

Blogues

Não posso deixar de referir aqui mais um blog onde é colocado todos os dias um desenho feito em caderno. É feito por Elisabeth Perry.

sexta-feira, Janeiro 18, 2008

Ramblas

Sentarmo-nos num dos bancos que existem na rambla do Raval e vermos as pessoas passar é uma das minhas actividades preferidas quando estou em Barcelona.

Dois desenhos desta rambla. Um do lado norte e outro do lado sul. Executados com anos de intervalo entre eles e com diferentes estados de espírito.

Dezembro 2001

Agosto 2006

quarta-feira, Janeiro 16, 2008

Diários de viagem

Nesta viagem pela Europa, Pedro Baptista, fotógrafo, videoasta e designer, começou a fazer um Diário quase exclusivamente escrito e acabou a enchê-lo com desenhos.

Primeiros dias de viagem. Texto, colagens e pequeno desenho

Últimos dias de viagem. Desenho

segunda-feira, Janeiro 14, 2008

Livros de Artista 9

Ainda uma dupla página do mesmo livro, de Alberto Giacometti. Não é só o José Louro e o Jorge Trindade que desenham ao volante.

Este livro, saído nos anos 60, foi desde sempre considerado mítico. Talvez porque o autor demorou dois anos a fazer os desenhos e a escrever o texto.

Paris sans fin. Giacometti. Ed. Buchet/Chastel. Colecção Les Cahiers Dessinés

sábado, Janeiro 12, 2008

Livros de Artista 8

A revista e editora Verve, fundada por Tériade, editor de origem grega (1897-1983), dedicou-se a publicar os chamados Livros de Artista. O livro Paris sans fin, encomendado a Alberto Giacometti, é constituído por cerca de 150 desenhos, intercalados por texto. É uma espécie de reportagem diária.

Paris sans fin. Giacometti. Ed. Buchet/Chastel. Colecção Les Cahiers Dessinés

quinta-feira, Janeiro 10, 2008

Desenho à mesa 5

O Café Majestic, no Porto, é um espaço cheio de História. Sinto-me lá muito bem. Mas ainda não consegui fazer lá um desenho com um mínimo de qualidade.

Tomar chá no Majestic. Porto

quarta-feira, Janeiro 09, 2008

Desenho à mesa 4

No espectáculo da Patti Smith, em Lisboa, ela disse que tinha gostado muito da cidade e dava os parabéns por não haver nenhum café Starbucks. Ainda, digo eu. Mas os Vips já andam por cá. Desenho num Vip em Madrid, enquanto lanchávamos.

Madrid. Janeiro 2008

terça-feira, Janeiro 08, 2008

Tigre

Há uns dias Enrique, por email, perguntava porque é que quando se desenha um tigre não se desenha a jaula. Eu sabia que já tinha desenhado um (não é tigre mas jaguar) na jaula. Fui à procura.

Jardim zoológico. Lisboa. Fevereiro 2001

segunda-feira, Janeiro 07, 2008

Praças 10

O Born é o Bairro mais antigo de Barcelona. Com as intervenções que lhe têm feito, o Bairro dinamizou-se e penso (na óptica de um visitante esporádico) que é um sítio muito agradável para se viver.

Praça de Sant Cugat. Barcelona. Barcelona 2006

sexta-feira, Janeiro 04, 2008

Praças 9

Não sei se pela época festiva, se pela fauna particular que frequenta este bairro, a praça Chueca tinha uns focos de luz com uns círculos de acrílico com as cores do arco-íris que lhe davam um ambiente muito acolhedor.
Foi mudada a 1ªpágina do www.diariografico.com

Plaza Chueca. Madrid. Dezembro 2007

quinta-feira, Janeiro 03, 2008

Praças 8

O Bairro Lavapiés é etnicamente muito diversificado. Nesta Praça, onde confluem várias ruas, podem encontrar-se restaurantes e bares de vários continentes.

Plaza Lavapiés. Madrid. Janeiro 2008