quarta-feira, agosto 01, 2007

Berlim

Fui para Berlim com um caderno novo e com mais folhas, ou seja, com uma lombada maior. Além da habitual inibição de começar um caderno a dificuldade de transporte no bolso também não ajuda. Quando me sentei neste relvado em frente ao Reichstag surgiu-me finalmente a vontade de desenhar. Mas não tive vontade de subir à cúpula de Norman Foster.

Berlim. Julho 2007

2 comentários:

Anónimo disse...

Curioso, um poder político e uma soberania que se afirmaram sempre muito através de símbolos. E as bandeiras lá estão.
Galeota

4ojos disse...

Con un césped como ese la vontade debería ser echarse la siesta