quarta-feira, maio 02, 2007

Desenhar no metropolitano 2

É bom manter o hábito de desenhar no metropolitano. Independentemente da qualidade do resultado é como um exercício. Além da rapidez no traço, treina-se o perder a inibição de desenhar em público. Este foi feito entre a estação do Campo Pequeno e a do Rato. Depois pintado em casa.

Linha amarela. Lisboa. Abril 2007

5 comentários:

Pequete disse...

Eu aqui tenho a vantagem de não perder tempo nos transportes, mas lá que se perdem oportunidades para fazer belos apontamentos como este, lá isso perdem!

José Louro disse...

Boa Eduardo. Desenhar é preciso!
Abraço.

PMBC disse...

Parabéns.
Estes desenhos deixam-me invejoso pela rapidez, pelo tema e pelo local.
Ainda tenho barreiras para ultrapassar.

Anónimo disse...

Parabéns.Uma verdadeira acrobacia.
Galeota

e.s. disse...

Temos todos, Pedro. E isso é que tem piada.