quarta-feira, maio 30, 2007

Desenhar a Aguarela

Enquanto desenhava os Jerónimos a caneta, Enrique desenhava com um pincel grosso directamente com aguarela. Inacreditavelmente é mais rápido. Não há pormenores e com uma simples pincelada define-se um imenso plano. Um dia destes tenho mesmo que tentar.


Mosteiro dos Jerónimos. Lisboa. Maio 2007

4 comentários:

Géh disse...

É sempre bom experimentar novas técnicas. Bons desenhos!
Géh

José Louro disse...

Pois, os Jerónimos. Assustam. Penso que o traço largo do pincel (do Enrique) permite desligar do intrincado decorativo, e ir directamente ao todo.
Continuação de bons desenhos.

PMBC disse...

Grande encontro de desenhadores.

hfm disse...

Gostei deste e espero ver o outro para comparar técnicas. Quem sabe dominar a aguarela consegue esboços magníficos e, obrigatoriamente, rápidos. O ideal para viagem - o mal é o tal domínio ;)

Dos Jerónimos tenho um a tinta da china

http://tcores.blogspot.com/2005/11/tinta-da-china-5.html