sábado, abril 07, 2007

América do Sul 31

A Plaza de Armas em Santiago do Chile não é propriamente bonita, mas é o lugar público mais fascinante onde já estive. Além do xadrez, podem ver-se videntes de tarot, aluguer de telescópios para observar a lua, pares a namorar, grupos a conversar, espectáculos de saltimbancos ou de humoristas, muito corrosivos politicamente e com um público participativo, divulgadores da bíblia. È um destes que represento em baixo. Eram autênticos artistas, que não me cansava de observar.

Plaza de Armas. Santiago do Chile. Abril 2004

2 comentários:

JL disse...

Caro Eduardo
visitar o teu blog é realmente viajar.
Desenhos e textos sucintos perfeitamente adaptados quer ao conteúdo quer a este meio que os divulga.
Nunca é de mais referir: parabéns.

e.s. disse...

Obrigado José. O teu não fica atrás. Está cada vez melhor.
Abraço