segunda-feira, novembro 13, 2006

Fotografia vs Desenho 2

NOTA: O vs (versus) do título não significa "contrário", "oposto", mas sim, "diferente", "outra coisa" ou até "complemento" ou mesmo "semelhança".

"O desenhador arroga-se menos um imperialismo de “representação” que o fotógrafo, o cineasta, o jornalista, ou o antropólogo. Mais limitado (à urgência de desenhar, à pobreza dos materiais, às fraquezas da técnica), e por isso mais livre, o desenho de viagem não tenta sequer pretender que “descreve” ou “reproduz” uma qualquer realidade vivida e observada" in Histórias Etíopes de Manuel João Ramos, AssírioAlvim, Lisboa


Manuel João Ramos. Portugal. 1960. Antropólogo. Ilustrador. Professor

2 comentários:

Galeota disse...

É um tema interessante para reflectir.Prometo voltar, com mais tempo. Muito engraçada, a página do diário. Vou procurar o livro.

Galeota disse...

Essa é boa! Claro que pode. Então os esquemas e desenhos do ProF. Orlando Ribeiro não mostraram a erupção dos Capelinhos? Nesse sentido como caderno de campo ou diário de viagem descreveu e
reproduziu de uma forma magistral a realidade vivida e observada.