terça-feira, outubro 10, 2006

Espaços interiores 2

O desenho ao fazer-me ter a sensação que viajo, faz com que possa viajar na minha própria cidade, no meu dia-a-dia. Sinto-me estrangeiro no quotidiano. Paradoxalmente, tento adquirir rotinas no estrangeiro e fugir a elas no meu país.
Não era por nenhuma razão especial, mas tomava o pequeno-almoço sempre neste café na praça do Ayuntamiento. E pedia sempre dois croissants, um com manteiga e o outro com marmelada e uma horchata a acompanhar.

Valencia. Agosto 2006

3 comentários:

hfm disse...

Gostei muito do desenho mas gostei mais desse " Sinto-me estrangeiro no quotidiano."

Cin disse...

I'm so glad you're posting almost every day, a great treat to see, how I love your pages!

4ojos disse...

Son muy curiosos ese par de ojos que miran desde encima de la barra del bar!!!