quarta-feira, outubro 18, 2006

Diários de Viagem 4

"Sendo a viagem um percurso que é espacial, mas em simultâneo temporal, este valor reclama a sua inclusão para uma nova espécie de representação. Sendo o desenho bidimensionalização, e se antes era fácil enfiar no caderno de viagem aquilo que se vê frente a nós, como reproduzir então a demora do olhar ou a sucessão dessas visões? Talvez numa representação múltipla, faseada, sucessiva, (...)" Pedro Mamede. 1968. Portugal. Designer. Professor. Estudioso do desenho de artistas feito em viagem






Miguel Navas. Portugal.1963. Artista Plástico. Professor. Arquitecto

3 comentários:

Galeota disse...

Hum...Hum.

yaku disse...

muy, muy bueno.

::Fer:: disse...

Belíssimo traço. Gestos simples, cheios de movimento. Gostei muito.