terça-feira, outubro 27, 2009

Exposição em Lagos

Há autores de Diários Gráficos, talvez a maioria, que se servem dos cadernos para os mais diversos fins. Para projectos profissionais, pessoais ou para nada de especial. Nesta exposição em Lagos optámos por “usar” cada autor numa só das suas facetas. Foi o caso do Richard Câmara que, apesar de ser ilustrador e usar os cadernos nessa sua actividade, aparece só nos desenhadores quotidianos.
Se puderem, apareçam em Lagos no dia 31, Sábado, pelas 18 horas.

segunda-feira, outubro 26, 2009

Cadernos de trabalho 3

Pedro Proença. Quando lhe perguntei se trabalhava em cadernos, mostrou-me, no ateliê, uma pilha deles. De vários tamanhos e feitios. Acabei por trazer cinco para a exposição em Lagos. Estão entre o caderno de trabalho, onde explana algumas ideias, e o Livro de Artista.

domingo, outubro 25, 2009

Cadernos de trabalho 2

Manuel Aires Mateus, arquitecto, e também participante na exposição em Lagos, usa os cadernos, normalmente de pequeno formato, para tudo: para rabiscar ideias, lembranças ou para nada de especial.

sábado, outubro 24, 2009

Cadernos de trabalho 1

José Pedro Cavalheiro, conhecido no meio como ZEPE, realizador e professor universitário na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, também ele usa, por vezes, o caderno para o seu trabalho criativo de animação.

sexta-feira, outubro 23, 2009

Cadernos de trabalho

José Miguel Ribeiro. Sabia que tinha uns belos Diários Gráficos, já me tinham dito, mas nunca os tinha visto. A pretexto da exposição em Lagos, procurei-o. São quatro os cadernos que vão ser mostrados. São o embrião de alguns dos muitos filmes de animação que já fez.

quarta-feira, outubro 21, 2009

"Diários Gráficos. Desenho em cadernos"

Tenho desenhado pouco por uma razão: por causa da exposição que vai ser inaugurada no dia 31 de Outubro em Lagos, que vai estar aberta até ao fim do ano e depois vai até Torres Vedras, abrindo a 9 de Janeiro até ao fim do mês. Participam 33 autores, entre autores do dia-a-dia, científicos e os que se servem do caderno para trabalhos criativos.

Aqui vai a fotografia, feita por André Carvalho, que serviu para o convite e para o catálogo desenhados por Pedro Farelo. Se os quiserem ver em pormenor, espreitem aqui o convite e aqui o catálogo.

domingo, outubro 18, 2009

Modelos

Tenho desenhado muito pouco ultimamente. Limito-me a desenhar os alunos enquanto estão a servir de modelo para os outros.

sexta-feira, outubro 16, 2009

Flag do USK

Neste blog só entram desenhos feitos em cadernos. Os meus favoritos, aqui ao lado, também. Abro uma excepção: com uma foto tirada pela Antónia Santolaya quando desenhava a ex-estação de comboios e futuro hotel de luxo, em Canfranc-Pirinéus. O desenho já o publiquei aqui. O Gabi teve a gentileza de o pôr no cabeçalho (flag) do Urban Sketchers.

terça-feira, outubro 13, 2009

Saldanha-Metro

O Desenho é o nosso entendimento a fixar o instante”. Sempre que passo pela nova estação de Metro do Saldanha lembro-me do professor Lagoa Henriques que não se cansava de repetir esta frase de Almada Negreiros.

Enquanto não vinha o metro.

segunda-feira, outubro 12, 2009

Eleições

Ontem fui votar à freguesia onde já não moro há uns anos. Nesta rua, estreita e inclinada, a Assembleia da República espreitava ao longe.

sexta-feira, outubro 09, 2009

Cozido à portuguesa

Nas tascas portuguesas anda-se a comer mal. Para não subirem os preços, descem na qualidade. Este cozido, com todos os ingredientes, não esteve à altura.

quarta-feira, outubro 07, 2009

British Bar

Este bar enche-se ao fim da tarde para a última cerveja e ao princípio da noite para a primeira. O relógio que se vê na parede anda com os ponteiros ao contrário. Ficou célebre quando apareceu no filme “A cidade branca” de Alain Tanner.

terça-feira, outubro 06, 2009

Outros autores

Telmo Castro, arquitecto e professor de Desenho na Escola Superior Artística do Porto, consta, a partir de hoje, do site diariografico.com: "...nestes cadernos somos Deuses. Tudo é possível, mesmo o inimaginável. Construímos, concebemos, representamos um microcosmo onde o bem e o mal não consta do dicionário, somos verdadeiramente livres e de livre arbítrio, anarquistas confinados ao prazer da linha, mancha ou ponto".

sexta-feira, outubro 02, 2009

Jaca 4

Quando estava no largo da catedral a desenhar apareceu esta bonita rapariga com este bonito cão. Foi um desenho feito em pouquíssimos segundos. Enquanto desenhava, Gabi filmava. Ver aqui o filme.
Mais tarde desenhei o músico que estava mais adiante. Em casa pintei os dois.