sexta-feira, maio 29, 2009

In Viaggio col Taccuino

Simonetta Capecchi, arquitecta e ilustradora, (integra o site www.diariografico.com e faz parte do livro “Diários de Viagem”) vive em Nápoles onde organiza anualmente um evento com o título “In Viaggio col Taccuino”. O Design gráfico é sempre de uma grande qualidade e o “taccuino di Viaggio”, o Diário Gráfico, o Sketchbook, é sempre o objecto principal.
Vejam o seu blog e o Programa.

Simo Capecchi. Creta

quinta-feira, maio 28, 2009

Novo autor

Nei Lima, Designer gráfico e Professor na Faculdade de Artes Visuais no Brasil, que passa a integrar o site www.diariografico.com, diz-nos que o desenho é para “praticar sempre, se possível, todos os dias, tal e qual faz um músico com seu instrumento”.

quarta-feira, maio 27, 2009

Cursos de Verano em Jaca

Apesar de já ter ido à praia este ano, e este desenho já ter sido feito há uns tempos, vem a propósito por causa dos Cursos de Verão, em que vou participar, eu e mais alguns amigos (Enrique, Toña, Simo, Lapin e Gabi), a convite de Clara Marta, professora do curso de Design na Universidade de Zaragoça.

É aberto a qualquer pessoa. Vejam aqui o Programa completo. Inscrevam-se e apareçam.

segunda-feira, maio 25, 2009

"Diário de uma autópsia" no jornal "i" 1

“Que cheiro a morte!” dizia a Rosa. Felizmente tinha o nariz tapado e o cheiro não me afectava. Estava muito cansado quando acabei os desenhos que pensei serem suficientes. Saímos como se saíssemos de um pesadelo.




sábado, maio 23, 2009

“Diário de uma autópsia” no jornal “i”

Mais uma reportagem ilustrada no jornal i, ontem 6ªfeira: “O Diário de uma autópsia”. Com texto da jornalista Rosa Ramos. Encontrámo-nos às 9 horas no Martim Moniz, dirigimo-nos ao Instituto de Medicina Legal e vestimos a bata, a touca, a máscara e as pantufas de plástico. Quando chegámos à sala já estava o corpo, de barriga para cima, em cima da mesa. Todo despido só com uma pequena tanga vermelha. Durante cerca de uma hora e meia só pensei na caneta, no papel e nas formas que tinha que passar para o papel. Não pensei na pessoa que estava à minha frente a ser retalhada.




sexta-feira, maio 22, 2009

Vamos desenhar a Feira do Livro 6

Ainda a Feira do Livro. Mais alguns desenhos de pessoas que colaboraram com registos feitos no local. Obrigado a todos.



Alexandre Esgaio. Entre outras actividades é ilustrador.


Henrique Vogado. Contabilista

quinta-feira, maio 21, 2009

Vamos desenhar a Feira do Livro 5 /Desenhar na Mouraria

Desenham-se em cadernos desde que há cadernos. Desenhar é uma actividade solitária, que sempre se fez e há-se fazer. A partilha dos desenhos é colectiva e com a blogosfera faz-se mais. Vou partilhar duas coisas:

Vamos encontrar-nos no Martim Moniz no dia 23, Sábado, às 14h30 na paragem do 28/Metro para desenharmos a Mouraria (ver aqui).

Mais exemplos de desenhos feitos na Feira do Livro:

Ana Paula Cunha. Arquitecta

Rita Ferreira. Médica

Juliana Ayrosa. Arquitecta

Susana Martins. Designer. Maquetista

Constantin Payerne. Estudante

Constantin Payerne. Estudante

quarta-feira, maio 20, 2009

Vamos desenhar a Feira do Livro 4

Ultimamente tem-se falado de Movimento para designar o conjunto de pessoas que desenham em cadernos, sozinhas ou em grupo, e divulgam os seus desenhos, pessoalmente ou em blogues. A designação de Movimento não me agrada. Não temos organização, nem líderes, nem ideais. A Simo Capecchi chama-lhe de Comunidade. Eu prefiro teia ou mancha, apesar da conotação negativa desta última. Mas ela cresce como uma mancha de óleo. Muito depressa.

Mais exemplos de desenhos feitos na Feira do Livro:

Pedro Fernandes (Pef). Geólogo a fazer ilustração científica

Rosa Baptista. Economista a exercer funções de call center

Dulce Casaleiro. Enfermeira

terça-feira, maio 19, 2009

Vamos desenhar a Feira do Livro 3

Vou, hoje, começar a publicar alguns dos que participaram no "Vamos desenhar a Feira do livro", em cadernos. Podem espreitar ainda o blog do Pedro Cabral.




Didier Payerne, engenheiro, e o seu filho Constatin, estudante, fizeram um caderno a meias, com colagens, desenhos e texto.


César Afonso, estudante de Design Gráfico


Cláudia Mestre, Professora de EVT numa escola na Margem Sul

segunda-feira, maio 18, 2009

Vamos desenhar a Feira do Livro 2

Os meus desenhos são coloridos em casa já sem o motivo à vista. Este processo tem a vantagem de consolidar o momento na nossa memória. Mas tem desvantagens óbvias: as cores não corresponderem, por vezes, minimamente à realidade.
Podem ver outros desenhos da Feira do Livro , para já, nos blogues do José Louro e da Mónica Cid.
Amanhã vou começar a publicar cadernos, com desenhos da feira, de outras pessoas que alinharam no nosso desafio.


sábado, maio 16, 2009

Visita à prisão no jornal i 1

Mais dois exemplos dos desenhos que fiz no meu caderno e que serviram para a reportagem no jornal i. As pessoas chegavam, batiam à porta e esperavam que o guarda a abrisse. Ou saíam, já depois da visita, e iam à sua vida. Algumas trocavam umas breves palavras com o jornalista. Era nestes momentos que eu as desenhava. Tinha que estar muito concentrado. Por vezes tinha que fazer várias pessoas em simultâneo.


sexta-feira, maio 15, 2009

Visita à prisão no jornal i

Há uns tempos o jornal i, diário saído recentemente, lançou-me um desafio (a mim e a outros diaristas): fazer reportagens visuais. Saiu hoje, 6ªfeira, o primeiro trabalho meu – “Visita à prisão”. Com texto do jornalista Augusto Freitas de Sousa. Enquanto ele conversava com as visitas dos presos, que iam entrando e saindo, eu rabiscava o que podia. Não havia tempo a perder. Em baixo dois exemplos do que consegui fazer naquela manhã. Já em casa coloquei a cor.


quinta-feira, maio 14, 2009

Reunião

Quando se desenham pessoas à volta de uma mesa, ou um grupo em que umas estão perto e outras longe, há a tendência para se fazer as coisas vistas de cima. Como se fossemos mais altos. Esquecemo-nos que as que estão perto de nós têm a nossa altura (ou semelhante). O truque das mãos em primeiro plano, que o arq. Siza Vieira tanto usa, ajuda a criar profundidade.

quarta-feira, maio 13, 2009

Dias da Música 2 / Feira do Livro

Hoje vou estar, ao fim da tarde, na Feira do Livro, stand da Quimera (primeiro do lado direito de quem sobe) para recolher os cadernos com desenhos da Feira. Os melhores serão, no mínimo, editados aqui no blogue, no máximo publicados na revista LER.

O genial Mário Laginha no soberbo espectáculo que deu no dia 25 de Abril no pequeno Auditório no CCB no âmbito dos Dias da Música.



terça-feira, maio 12, 2009

Dias da Música 1

Voltando aos Dias da Música. Neste concerto de dois contrabaixistas, Carlos Bica e Carlos Barreto, fiquei atrás do primeiro, mal vendo o segundo. Mas, fora esse mau posicionamento para desenhar, eles foram magistrais.


Sala Sophia de Mello Breyner Andresen. Dia 26 de Abril

segunda-feira, maio 11, 2009

Carcavelos

Não desenhei quase nada, mas o passeio foi fantástico. O Professor Catarino ia-nos indicando “o percurso da água”, as terras férteis daquela terra chamada Carcavelos. Estão-se a comemorar os 100 anos da sua existência.

O João, e o seu cão Buggy, concentrado a desenhar. O castanho do fundo foi aplicado com a própria terra. De Carcavelos.

sábado, maio 09, 2009

Vamos desenhar a feira do livro 1

Ontem apareceram alguns velhos amigos, os reais e os virtuais.
Quem não conseguiu aparecer, ainda está a tempo de fazer alguns desenhos na Feira (e num caderno) e aparecer com eles no dia 13 ao fim da tarde no stand da Quimera.

sexta-feira, maio 08, 2009

Darwin

Uma visita de estudo à exposição “A evolução de Darwin” na Fundação Calouste Gulbenkian.

quinta-feira, maio 07, 2009

Vamos desenhar a Feira do Livro

Eu, o Pedro Cabral, a Mónica Cid e o José Louro vamos estar amanhã, 6ªfeira, às 18 horas na Feira do Livro, na Esplanada Central. A ideia é pormos toda a gente a desenhar aquele recinto. No dia 13, quem quiser, mostra os desenhos, e alguns serão publicados na revista LER. Serão devolvidos no dia 16.

Este desenho foi o que encontrei mais parecido com a Feira do Livro. Na praça principal da vila do Tarrafal, na ilha de Santiago, Cabo-Verde, uma pequena multidão assistia, pela tv, ao jogo de futebol Benfica-Braga, num pequeno café parecido com um stand da Feira do Livro.

quarta-feira, maio 06, 2009

Diários Gráficos em Monsaraz 2

Assumo que as caras não são o meu forte. Raramente ficam parecidas. Neste jantar, que foi servido com bastante humor alentejano, desenhei todos os convivas, alguns duas vezes. Só o Pef consegue ser identificado.

Vejam mais este desenho da Catarina, participante também dos Encontros em Monsaraz.

terça-feira, maio 05, 2009

Diários Gráficos em Monsaraz 1

A vontade de desenhar é seguramente contagiosa. Se não o fosse, como explicar a enorme afluência à vila de Monsaraz, no passado fim-de-semana, numa iniciativa da ADIM (Associação de Defesa dos Interesses de Monsaraz)? Viam-se em todas as esquinas pessoas de caderno na mão e muito concentradas.

Vejam estes blogues: ADIM, José Louro, Pedro Cabral, Mónica Cid, Luis e Cláudia Mestre.